Close
Close
Informações do Usuário

Você não está logado.

Discovery Channel
 
Existem 8 planetas grandes e milhares de anões.
mais
Página Principal
Observando o espaço
Introdução
Telescópios
Espaço invisível
Section 1.4
Section 1.5
Section 1.6
Section 1.7
Section 1.8
Section 1.9
Section 1.10
Section 1.11
Section 1.12
Section 1.13
Section 1.14
Section 1.15
Explorando o espaço
Introdução
Pioneiros
Ônibus espaciais
Lançadores
Estação Internacional Espacial – ISS
Os Estados Unidos no espaço
O Reino Unido no espaço
China no espaço
A França no espaço
A Rússia no espaço
O prêmio X
Section 2.12
Section 2.13
Section 2.14
Section 2.15
Os planetas
Introdução
Mercúrio
Vênus
Terra
Marte
Júpiter
Saturno
Urano
Netuno
Section 3.11
Section 3.12
Section 3.13
Section 3.14
Section 3.15
Luas
Section 4.1
Section 4.2
Section 4.3
Section 4.4
Section 4.5
Section 4.6
Section 4.7
Section 4.8
Section 4.9
Section 4.10
Section 4.11
Section 4.12
Section 4.13
Section 4.14
Section 4.15
As estrelas
Introduçao
O Sol
Sirius
Canopus
Alpha Centauri
Arcturus
Outras estrelas
Section 5.8
Section 5.9
Section 5.10
Section 5.11
Section 5.12
Section 5.13
Section 5.14
Section 5.15
Cometas, meteoros e asteróides
Section 6.1
Section 6.2
Section 6.3
Section 6.4
Section 6.5
Section 6.6
Section 6.7
Section 6.8
Section 6.9
Section 6.10
Section 6.11
Section 6.12
Section 6.13
Section 6.14
Section 6.15
Section 7.1
Section 7.2
Section 7.3
Section 7.4
Section 7.5
Section 7.6
Section 7.7
Section 7.8
Section 7.9
Section 7.10
Section 7.11
Section 7.12
Section 7.13
Section 7.14
Section 7.15
As galáxias
Section 8.1
Section 8.2
Section 8.3
Section 8.4
Section 8.5
Section 8.6
Section 8.7
Section 8.8
Section 8.9
Section 8.10
Section 8.11
Section 8.12
Section 8.13
Section 8.14
Section 8.15
O Universo
Section 9.1
Section 9.2
Section 9.3
Section 9.4
Section 9.5
Section 9.6
Section 9.7
Section 9.8
Section 9.9
Section 9.10
Section 9.11
Section 9.12
Section 9.13
Section 9.14
Section 9.15
Fatos surpreendentes
Section 10.1
Section 10.2
Section 10.3
Section 10.4
Section 10.5
Section 10.6
Section 10.7
Section 10.8
Section 10.9
Section 10.10
Section 10.11
Section 10.12
Section 10.13
Section 10.14
Section 10.15
Jogo: Impacto Espacial
Section 11.1
Section 11.2
Section 11.3
Section 11.4
Section 11.5
Section 11.6
Section 11.7
Section 11.8
Section 11.9
Section 11.10
Section 11.11
Section 11.12
Section 11.13
Section 11.14
Section 11.15
Section 12
Section 12.1
Section 12.2
Section 12.3
Section 12.4
Section 12.5
Section 12.6
Section 12.7
Section 12.8
Section 12.9
Section 12.10
Section 12.11
Section 12.12
Section 12.13
Section 12.14
Section 12.15
Section 13
Section 13.1
Section 13.2
Section 13.3
Section 13.4
Section 13.5
Section 13.6
Section 13.7
Section 13.8
Section 13.9
Section 13.10
Section 13.11
Section 13.12
Section 13.13
Section 13.14
Section 13.15
Section 14
Section 14.1
Section 14.2
Section 14.3
Section 14.4
Section 14.5
Section 14.6
Section 14.7
Section 14.8
Section 14.9
Section 14.10
Section 14.11
Section 14.12
Section 14.13
Section 14.14
Section 14.15
Section 15
Section 15.1
Section 15.2
Section 15.3
Section 15.4
Section 15.5
Section 15.6
Section 15.7
Section 15.8
Section 15.9
Section 15.10
Section 15.11
Section 15.12
Section 15.13
Section 15.14
Section 15.15
Explorando o espaço
Estação Internacional Espacial – ISS

A Estação Internacional Espacial, que se encontra em órbita ao redor da Terra, proporciona um ambiente científico capaz de conduzir experimentos que não são possíveis no nosso planeta.  A bordo da ISS, os efeitos da gravidade são eliminados com eficácia. Essa “microgravidade” tem grandes efeitos em tudo, desde o comportamento dos líquidos às dinâmicas da combustão. Existem pesquisas sobre estas questões.

O ambiente de microgravidade da Estação Espacial tem contribuído para os avanços nas pesquisas biomédicas – que podem trazer grandes resultados no combate a doenças por envelhecimento, como a osteoporose – e para o aperfeiçoamento nas técnicas médicas contra a difusão de vírus como o HIV. A321 km de distância da Terra, a ISS também provê uma plataforma para observar padrões do tempo no nosso próprio planeta e vistoriar o Universo. A ISS pode ser no futuro o destino comercial de viajantes espaciais ricos.

Desde que o desastre do Columbia pôs o programa do ônibus espacial em espera, a única união entre o ISS e a Terra tem sido através das cápsulas soviéticas Soyus. Embora 16 países tenham patrocinado a construção da estação espacial, os oficiais russos dizem ter assumido a maior parte da responsabilidade da sua manutenção, além de serem responsáveis pelo abastecimento. 

A primeira missão tripulada à Estação Internacional Espacial, após o acidente do Columbia, foi lançada em 26 de abril de 2003: a Expedição Sete. O cosmonauta russo  Yuri Malenchenko e o astronauta americano Ed Lu assumiram o comando da equipe de três homens que, devido ao desastre do ônibus espacial, tinham sido forçados a ficar mais dois meses na Estação Espacial desde que chegaram, em novembro de 2002. De fato, em agosto de 2003, Malenchenko tornou-se o primeiro homem a se casar no espaço. Yuri e sua namorada se casaram com ajuda de uma conexão de vídeo estabelecida entre a Estação Espacial e o centro de controle espacial da Nasa na cidade de Houston, no Texas!

Fotos: NASA

send to a friend